Buscar
  • Litoral Contabilidade

Não basta ser inteligente: veja 5 práticas para aplicar todos os dias



Pode ser que você tenha nascido com habilidades especiais e uma capacidade de raciocínio e aprendizado diferente das outras pessoas, mas isso não te garante a certeza do sucesso. A premissa “você é o que você faz” nunca foi tão verdadeira quando o assunto é praticar hábitos que te levem para o seu objetivo. E se o seu é se destacar no quesito inteligência, precisa conferir essas 5 práticas para aplicar no dia a dia.


Boas práticas para aplicar no seu dia a dia


1. Aprenda com os outros


Pessoas verdadeiramente inteligentes sabem que não nasceram sabendo de tudo e nunca terão todo o conhecimento do mundo. Por isso, estão sempre estudando, buscando aprender novas habilidades e novos conteúdos.

Para isso, os inteligentes costumam “devorar” os livros, estão sempre fazendo algum curso e vão além: observam e aprendem com os sábios.

Aprender com os outros é reconhecer que não se sabe de tudo. Colocar esse hábito em prática irá permitir que você absorva a inteligência e os conhecimentos do outro, aprendendo coisas a partir de um ponto de vista que você não tinha antes, ou seja, de um jeito novo, somando vivências ao que você já possuía como experiência.


2. Cuidado com as palavras


Os inteligentes são, sem dúvidas, pessoas cautelosas, que não costumam agir por impulso, e isso se reflete também na fala. Procure ser cuidadoso com o que você diz, dê bons conselhos, não seja contraditório e demonstre que você quer o melhor para o outro ao externar as suas palavras.

Em situações de conflito, confusões e desentendimentos, falar sem pensar nunca será uma boa opção, porque além de externar uma possível insegurança ou ignorância, pode agravar o contexto, gerando problemas sociais ou profissionais que antes você não tinha que se preocupar.


3. Seja curioso


O ditado “a curiosidade matou o gato” aqui não faz muito sentido. Ser inteligente é estar antenado ao que acontece à sua volta e observar as coisas, as pessoas e as situações. A diferença entre um mero curioso e um sábio está em como utilizar essa “sede” por conhecimento.


Pessoas inteligentes usam a curiosidade de forma cautelosa, procurando a origem e o porquê das coisas, afinal, só assim elas poderão entendê-las a fundo e a partir disso expandir o seu campo de ideias, estimulando sua criatividade e até mesmo desenvolvendo a capacidade de ensinar outras pessoas.


4. Tenha os ouvidos atentos


Ter os ouvidos atentos vai além do simples fato de escutar, diz respeito a ouvir, prestar atenção, aprender e absorver. É isso que as pessoas inteligentes costumam fazer.

Saber ouvir é uma das habilidades essenciais para ser um bom líder, por exemplo, e escutar os outros com atenção permite resolver problemas com mais facilidade, construir laços confiáveis e conquistar as pessoas.


5. Aprenda com os seus erros


Errar uma vez é humano, repetir o erro pode ser um caminho sem volta. Sabemos que os erros são essenciais para o nosso aprendizado, mas para que isso se torne uma experiência, e não um “peso”, é preciso aprender e absorver.

Assim, diante da mesma situação, em uma próxima vez, o comportamento poderá ser assertivo, evitando-se consequências ruins, desvantajosas e irreversíveis para você.


Cordialmente,

Litoral Contabilidade

0 comentário